noticia 012

O leite materno deve alimentar exclusivamente a criança até o 6° mês de vida, depois disso as necessidades nutricionais são outras e devemos introduzir de forma lenta e gradual outros alimentos, mantendo o aleitamento materno até os dois anos de idade ou mais. Aos seis meses a criança já consegue ingerir alimentos semi-sólidos: produz enzimas digestivas em quantidade suficiente para essa nova fase, além de conseguir equilibrar o pescoço quando sentada.

Nessa fase devemos dar os chamados ALIMENTOS DE TRANSIÇÃO (as Papinhas), feitos especialmente para as crianças e a partir dos oito meses elas já podem receber alimentos preparados para a família, desde que com poucos condimentos e oferecidos amassados com o garfo ou picados em pequenos pedaços. Essa alimentação salgada deve ser dada a princípio 1 vez ao dia (almoço), passando depois de algumas semana para 2 vezes ao dia (almoço e janta). A criança aos seis meses, além das papas salgadas, devem receber frutas na forma de papas e purês, ao menos 2 vezes ao dia.

As sopas devem ser evitadas como refeição padrão, pois têm poucas calorias e dão uma saciedade muito grande nas crianças, logo elas comem menos energia e vitaminas e ganham menos peso. O mesmo ocorre com sucos, eles devem ser dados longe das refeições principais ou depois dessas, para não diminuírem o apetite na hora da alimentação. A criança pode e deve receber aos seis meses: carnes e vísceras, ovo, peixe, abacate... A carne deve ser sempre oferecida, para manter adequados os níveis sanguíneos de ferro dos bebês.

Quando maiores, as crianças podem receber lanches como: mingau de cereal, farinha ou amido, pães e biscoitos sem recheios. Até os dois anos a criança não pode receber: açúcar, refrigerantes, gelatinas, produtos industrializados com conservantes, produtos com corantes artificiais, embutidos, enlatados, café, chás, frituras, alimentos muito salgados ou adocicados, bolachas recheadas, bolos com coberturas, chocolates, sorvetes, iogurtes tipo petit suisse.

As crianças devem receber uma alimentação variada e saudável e não apenas baseada em leite, a partir do sexto mês de vida!!!!! Os alimentos oferecidos nos primeiros anos de vida das crianças são os responsáveis pela formação de seu hábito alimentar! Lembre disso!!!!

ALIMENTOS DE TRANSIÇÃO
(são as papinhas)
cada papinha deve ter:

 UM ALIMENTO DO GRUPO DOS CEREAIS
(arroz, massa, batata, aipim, moranga, batata-doce)
+
UM DAS HORTALIÇAS
(verduras e legumes)
+
UM DO GRUPO DOS ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL
(frango, gado, miúdos, peixe, ovo)
OU
DAS LEGUMINOSAS
(feijão, soja, lentilha, grão de bico)

* Os cereais são os alimentos que devem ser dados em maior quantidade, uma vez
que são fonte de energia, importante nessa época de crescimento intenso.

 

EXEMPLOS:

  • Papa de feijão, chicória e macarrão:
  • 1 concha de feijão já cozido, pronto e temperado, com bastante caldo
  • 2 colheres de macarrão tipo conchinha
  • ½ folha pequena de chicória picadinha ou outra verdura verde escura
  • Modo de preparo: cozinhe o macarrão, adicione o feijão, depois a chicória, deixe cozinhar em fogo brando até que o caldo engrosse e a chicória cozinhe. Como o feijão já é temperado, não necessita adicionar sal.

 

  • Papa de batata, cenoura e fígado:
  • 40g de fígado
  • 2 batatas médias/pequenas descascadas e picadas (150 a 200g)
  • ½ cenoura pequena
  • ½ colher nivelada de café de sal
  • 1 colher de sobremesa de óleo de cozinha
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 copos de água
  • Modo de preparo: refogue no óleo e na cebola o fígado. Acrescente o resto dos ingredientes e cozinhe até os alimentos ficarem macios e sem água. Se necessário acrescente mais água.

 

  • Papa de batata-doce, abobrinha e frango
  • 50g de peito de frango picadinho
  • 1 colher de sobremesa de óleo de cozinha
  • 1 colher de chá de cebola picadinha
  • 1 unidade média/pequena de batata-doce (150g)
  • ½ abobrinha pequena
  • 1 colher de chá nivelada de sal
  • 2 copos de água
  • Modo de preparo: refogue no óleo e na cebola o frango. Acrescente o resto dos ingredientes e cozinhe até os alimentos ficarem macios e sem água. Se necessário acrescente mais água.

  

  • Papa de batata, cenoura e carne moída
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 1 colher de sobremesa de óleo de cozinha
  • 1 colher de chá de cebola ralada
  • 2 batatas médias/pequenas descascadas em pedaços (150 a 200g)
  • ½ cenoura média
  • 1 colher de café nivelada de sal
  • 2 copos de água
  • Modo de preparo: refogue no óleo e na cebola a carne. Acrescente o resto dos ingredientes e cozinhe até os alimentos ficarem macios e sem água. Se necessário acrescente mais água.

 

  • Papa de arroz, abobrinha e ovo
  • 2 colheres de sopa de arroz cru lavado
  • 1 colher de sobremesa de óleo de cozinha
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • ½ unidade de abobrinha picada
  • 1 colher de café nivelada de sal
  • 1 ovo RENDE DUAS PORÇÕES
  • Modo de preparo: refogue no óleo a cebola, o arroz e a abobrinha. Cubra com água e cozinhe até o arroz e a abobrinha ficarem bem cozidos. Cozinhe o ovo á parte. Coloque no prato e amasse junto com o ovo cozido.

 

  • Peixe, abóbora, batata e couve
  • ½ filé de peixe sem espinhas (50g)
  • 1 colher de sobremesa de óleo
  • 1 colher de sobremesa de cebola ralada
  • 1 batata grande ou duas médias em pedaços (200g)
  • 2 colheres de sopa de abóbora picada
  • ½ folha de couve picada
  • 1 colher nivelada de sal
  • 2 copos de água
  • Modo de preparo: Refogue a cebola no óleo. Acrescente o peixe, e o resto dos ingredientes e cozinhe até os alimentos ficarem macios e sem água. Se necessário acrescente mais água.

 

OBS: Seguindo sempre as combinações dos alimentos certos podemos fazer muitas papinhas!!! Não podemos esquecer que a criança tem a hábito de recusar os alimentos que não conhece, por isso é preciso tentar várias vezes, em média 8 a 10. Isso é normal. As papinhas devem ser esmagadas com o garfo, nunca liquidificadas ou trituradas. É importante não misturar muitos alimentos na refeição dos bebês, somente assim eles conseguirão conhecer bem os alimentos. Os alimentos devem ser dados com colher e as bebidas em copos. Sempre devemos respeitar as especificidades de cada criança.

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL TURMA DO GIZ DE CERA
Fonte: Guia alimentar para crianças menores de dois anos.
Ministério da Saúde, 2002

Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites - Bets.Zone - Betting Zone Use our complete list of trusted and reputable operators to see at a glance the best casino, poker, sport and bingo bonuses available online.